Home l Entrevistas l Tattoo Artists l HQ's l Artigos l Convenções l Loja l Contate nos
 
 

 

ENTREVISTAS

 

A personalidade
e a arte de Katarzyna Krutak

Abril de 2015
Fotos: Katarzyna Krutak
Toso os Direitos Reservados

Confira a entrevista exclusiva
com a tatuadora Katarzyna Krutak

TM: Fale um pouco sobre você.

O meu nome é Katarzyna Krutak, eu sou da Polônia, nasci em 12 de abril de 1987. Vivo na cidade de Wroclaw e trabalho na Red Berry Tattoo Studio. Tenho tatuado há quase dois anos e, na Red Berry Tattoo, desde Julho de 2014.

TM: Por que você escolheu a tatuagem como profissão?

Sempre me interessei em arte corporal, de todos os tipos e formas, desde a pintura do corpo com decorações tribais, até a pintura na arte da tatuagem. Já sonhava com a tatuagem e algumas pessoas que conhecia e situações em que me encontrava fizeram-me prosseguir na arte da tatuagem.

TM: Você é tatuadora e artista plástica?

Além da tatuagem eu faço ilustrações, eu pinto normalmente acrílicos sobre tela. Eu ainda faço arte de rua, tecelagem artística, gráfico e fotografia.

TM: Somos admiradores do seu trabalho. Sua arte é incrível! Quais tipos de trabalhos artísticos você gosta de fazer (exemplo: pintura, escultura, colagem, etc.)?

Muito obrigada, fico feliz que o que eu faço dar energia positiva. :) Eu gosto de pinturas, mas gosto de experimentar misturar técnicas, colagem é algo que eu realmente gosto. Também a arte de rua é algo que eu realmente gosto de ver e me inspirar.

TM: Você fez alguma escola de arte?

Eu me formei na escola de arte em Bielsko-Biała. A escola ajudou-me com oficina “shills”, mas eu achei o meu caminho muito mais tarde, quando comecei experimentar e explorar coisas diferentes, eu ainda estou aprendendo. Sou inspirada por muitas coisas que me rodeiam, que me dá energia para trabalhar e continuar a aprender.

TM: Qual é o seu método de trabalho?

Os projetos para as tatuagens são geralmente os desenhos, ou algum desenho do conceito, o resto está sendo trabalhado sobre a pele e, por vezes, eu tatuo desenhos já estabelecido no passado, às vezes eu faço colagem gráfica no Photoshop. Tudo depende da ideia e da quantidade de tempo.

TM: Qual é o seu estilo favorito?

Eu gosto de todos os estilos gráficos, em preto com a mínima adição de outra cor. Eu tento não ficar presa a um único estilo. Eu gosto contrastes, objetos dinâmicos relacionados com a geometria. Gosto de cartazes antigos, ilustrações e colagem.

TM: Qual é a ligação que existe entre o pintor e o artista de tatuagem?

A maior parte é poder criar algo a partir do interior do artista, considero as tatuagens como uma espécie de forma de expressão artística, outra coisa é fazer desenhos únicos que não podem ser multiplicados pelo artista.

TM: Existe algum trabalho especial que você fez? Como quem diz: “eu gostei muito deste trabalho!”

Levando-se em conta as minhas obras, eu realmente gosto da série acrílico do nosso projeto pro-vegan "animalidade" que eu criei juntamente com Alicja Czerwińska. É uma série de pinturas que apresentam animais de fazenda e ele se concentra em como percebemos esses animais e como nos isolamos a partir deles; em sua objetivação e nossa aceitação da ideia de que os animais de criação são apenas um porco ou uma vaca que associamos apenas com alimentos. Esses animais tornaram-se algo mais do que os apresentados nos filmes da natureza. Eu quero mostrar que eles também podem ser uma inspiração para obras de arte e que essas divisões e definições de animais de fazenda são apenas em nossas mentes.

TM: Quando não está trabalhando, o que gosta de fazer, ler, comer, ouvir? Você tem algum hobby em especial?

Se não estou trabalhando, eu costumo desenhar, recentemente voltei a dançar, esse é o meu hobby, aulas de dança me dá uma grande quantidade de energia e posso liberar o estresse desta forma. Estar em movimento é o meu outro hobby, montanhas, escaladas e jogging. E no tempo livre eu participo de diferentes ações, temos a associação de iniciativa de produtos hortícolas, organizamos eventos para ajudar os animais. Promover e compartilhar o Veganismo.

TM: Você tem várias máquinas de tatuagem? Qual máquina você prefere: elétrica ou rotativa?

Eu trabalho com máquinas elétricas (bobina) e máquinas rotativas. Tenho quatro máquinas, duas rotativas e duas bobinas.

TM: Quais são seus artistas favoritos?

Trata-se de um grande leque de artistas da tatuagem e artistas de rua, a variedade ainda está crescendo. Uma boa ferramenta para ver o bom artista é Facebook, ajuda a descobrir pessoas interessantes, vou citar os mais importantes para mim: Lenad Nada e toda tripulação Mercurocrom, Łukasz Sokołowski, estudio Alchemink, Little Swastika, Joanna Zielińska. Pintura de cavalete e arte de rua são Joram Roukes, Herakut, Amose Vazimolo. Valentina Milosevic e Vesod Brero que tive prazer de conhecer em pessoa, de polaco arte de rua.

TM: Você frequenta muitas convenções de tatuagens no seu país ou internacional?

A minha primeira convenção de tatuagem será a Wroclaw Tattoo Konwent, em abril.

TM: O Facebook tem ajudado os artistas de tatuagens?

Sim, ele ajuda a mostrar a arte para as pessoas. Ele me ajudou começar a trabalhar na Red Berry Tattoo Studio, e me permite compartilhar a minha arte.

TM: Como está a sua agenda? Com longa fila espera?

É preciso reservar três meses antes, agora, as reservas para o mês de Junho terá início no final do mês de abril.

Gostaria de agradecer a oportunidade da entrevista, foi um prazer e honra compartilhar as minhas experiências e paixão.


Tattoo Magazine
A cultura da tatuagem

 

                    

 
  Termos de uso
©Todos Direitos Reservados