Home l Entrevistas l Tattoo Artists l HQ's l Artigos l Convenções l Loja l Contate nos
 
 

 

ENTREVISTAS

 

Ivana Belakova
uma explosão de cores


Agosto de 2012
Fotos: IVANA Tattoo Art
Toso os Direitos Reservados

Confira a entrevista exclusiva
com a tatuadora Ivana Belakova

Ivana, 31 anos, tatuadora profissional, mora nos EUA e possui um estilo único de trabalhar. Suas tatuagens são uma explosão de cores, luzes e sombras. Com muita leveza e suavidade, Ivana brinca com as cores e silhuetas dando vida e formas a sua imaginação. Confira!

"Não devemos julgar. Tatuagens não determinam o caráter das pessoas, elas usam porque acham bonitas ou porque tem algum significado."

TM Você sempre trabalhou com arte?

Sim, esse é o único trabalho que já tive.

TM Você é autodidata ou estudou em uma escola de artes? 

Eu nunca estudei artes, só gostava de desenhar quando criança. Aprendi a tatuar sozinha.

TM Quando foi que percebeu que tinha aptidão para ser tatuadora? Como foi isso?

Percebi que tinha realmente aptidão quando via meus clientes felizes. Eu pensei, estou fazendo a coisa certa. Só depois que terminei os estudos que um amigo ofereceu um trabalho em sua loja. Não tinha idéia como era tatuar, então fui experimentar em meus amigos, após a primeira tatuagem, eu já estava viciada! Foi uma sensação sem comparação.

TM Por que escolheu a tatuagem como profissão?

Era exatamente o que eu queria fazer, parece que foi feita sob encomenda para mim. Acima de tudo é o meu maior hobby e paga o meu aluguel. Também gosto da liberdade que vem com ela. Foi amor à primeira vista!

TM Você criou um nome artístico?

Uso meu nome verdadeiro, Ivana. Não quero ser famosa nem fico pensando nisso.

TM Em qual País você nasceu e aonde vive atualmente?

Nasci na Eslováquia, mas sou meio cigana. Morei em vários lugares, principalmente nestes 10 últimos anos. Além da Europa morei na Austrália, Caribe, Nova Zelândia e EUA.

TM Você trabalha para um estúdio ou possui seu próprio ateliê?

Sou uma tatuadora freelancer que quando é convidada trabalha para alguém.

TM Você gosta de viajar e conhecer novos lugares. Conte um pouco das suas viagens pelo mundo. Quais os lugares que mais impressionaram você?

Sim, é verdade! As viagens tornaram meu estilo de vida. Tenho duas categorias quando se trata de viajar. A primeira é a trabalho, quando estou cumprindo com minhas obrigações. A outra é por prazer, quando levo minha câmera e fico despreocupada andando por aí. Em ambos os casos visito muitos lugares interessantes. Vi muitos lugares bonitos que me impressionaram. Só para citar alguns: Papua-Nova Guiné, Indonésia; eu amo as Ilhas do Pacífico e Caribe; Ásia, América do Sul e as Ilhas no Oceano Índico. Realmente existe algo de impressionante em todos os países que visitei!

TM Qual é o seu hobby?

Viajar, fotografar, jogar tênis e jardinagem. Minha mãe tem que me chama aos gritos quando estou trabalhando no jardim de tão envolvida que fico.

TM Você já se sentiu constrangida em ter que fazer alguma tatuagem?

Sim, muitas vezes. Especialmente no início, quando tatuava partes íntimas do corpo.

TM Qual foi a tatuagem mais exótica que você pintou?

Provavelmente, a tatuagem do meu irmão que ainda está em andamento. Estou fazendo pássaros exóticos em torno do seu braço, papagaios da selva Amazônia, bananeira e folhas, e os mais variados tipos de flores.

TM Tenho muita admiração pelo seu trabalho. Você criou um estilo próprio e original. Isso é incrível! Você tem um segredo?

Não, realmente não tem nenhum segredo! Adoro o que faço e de alguma forma quando estou tatuando só penso nisso e em mais nada. Sinto que estou em meu próprio mundo. Quando começo uma tatuagem eu mesma não sei ao certo o que vou fazer, e falo isso com meu cliente, é uma surpresa até que a sessão termine!

TM Você participa de muitas convenções. Elas acrescentam mudanças no seu trabalho?

Quando estou tatuando numa convenção tenho a oportunidade de ver meus artistas favoritos. Então fico vendo suas tatuagens e penso como posso melhorar. Sou como uma esponja, sempre aprendendo.

TM Qual convenção que você achou mais interessante?

'Tattoo Convention Berlin', eu tenho muitas lembranças divertidas de lá. Também adorei a 'Sydney Tattoo Expo', lá eu fiz muitos amigos. Então é sempre bom participar!

TM Quais artistas de tatuagem que chamam sua atenção?

Jeff Gogue, Volko, Ondrash, Musa, Peter Aurisch.

TM O que acha da discriminação de pessoas tatuadas?

Não devemos julgar. Tatuagens não determinam o caráter das pessoas, elas usam porque acham bonitas ou porque tem algum significado. Por exemplo, tenho um crânio grande no meio do meu peito. As pessoas que não me conhecem pensam de mim como alguém
"gótica
", mas o que eu realmente quero dizer com essa tatuagem é que somos todos iguais, todos os povos são iguais por debaixo da pele. Esta tatuagem em especial fala realmente sobre não julgar.

TM Quantas máquinas de tatuagem você tem? Existe uma especial? Você prefere máquinas de motor rotativo ou de bobina?

Tenho 5 máquinas de tatuar no momento, mas estou usando apenas duas. Micky Sharps para revestimento e Hawk para sombreamento. Eu realmente não tenho uma preferida, desde que a máquina faça seu trabalho.

TM Como você analisa o mercado de tatuagem hoje em dia. Os produtos e serviços, a internet, os profissionais?

Hoje existem muitos 'produtos' que tornaram o trabalho mais fácil e interessante! As empresas estão evoluindo e melhorando os equipamentos e as opções são muitas! A 'internet' ajudou muito, especialmente com o compartilhamento de informações. Além disso as pessoas podem mostrar seus trabalhos, ambos, tatuadores e clientes. Isto me faz acreditar que as pessoas procurarão por profissionais melhores para fazerem suas tatuagens, principalmente quando se trata de qualidade e sensibilidade artística. Elas podem pesquisar e buscar aquilo que mais agradam. Os 'serviços' dependem de determinada loja ou artista. Acho que a concorrência nos faz avançar e fazer melhor. Estou muito animada para ver esta nova geração de tatuadores! Eles são corajosos, estão sempre inventando coisas novas, superando limites da arte na pele. A 'indústria' da tatuagem serve mais para compartilhamento de informações e aprendizado. Há seminários, conferências mundiais e muito mais! Tudo isso possui dimensões grandiosas e fico muito animada com isso!

TM Conte-me um pouco sobre você.

Eu não gosto de molhos vermelhos na minha comida e ronco. Não canto e sou viciada em chocolate. Há, sim, eu sou muito engraçada depois da primeira dose de tequila. Nunca pensei que um dia iria ser artista, mas hoje não mudaria isso por nada! Meus clientes me dão liberdade para usar minha criatividade e escolher o que vamos fazer, o que torna o meu trabalho muito agradável. Meu estilo está mudando constantemente, mas meus trabalhos são muito parecidos principalmente quando se trata de cores e fantasia. Aprendo uma coisa nova em cada tatuagem que faço, o que sei agora, amanhã será diferente. Tatuagem é minha vida, minha paixão e minha carreira, eu amo cada dia mais meu trabalho. Sou motivada e apaixonada pelo que faço. Gosto de relacionar com pessoas com pensamentos e idéias iguais as minhas. Gosto de criar coisas novas e ampliar meus horizontes!

TM Quais são seus projetos?

Recentemente publiquei meu primeiro livro chamado ‘Narcissistic Rockstar’ que inclui alguns dos meus desenhos, tatuagens, fotos e ilustrações. Você pode comprá-lo online no site www.blurb.com/bookstore/detail/3355709. Não existe versão impressa, somente para iPad e iPhone que são absolutamente fantásticos! Outra coisa que estou planejando fazer são reproduções dos meus trabalhos artísticos.

TM Como as pessoas podem entrar em contato com você?

Facebook: IVANA TATTOO ART
Lá tem galerias com meus trabalhos.
Na seção ‘Sobre’ está minha agenda.
Ou por e-mail: info@ivanatattooart.com
site: www.ivanatattooart.com


Você tem algum recado para o Brasil?

- Desejo boas vibrações com muita animação e entusiasmo nos seus caminhos e não deixem de fazer que suas vidas sejam divertidas! Muita felicidade e amor!

Agradeço ao site Tattoo Magazine por esta entrevista e desejo tudo de bom!


Tattoo Magazine
A cultura da tatuagem

 

                    

 
  Termos de uso
©Todos Direitos Reservados