Home l Entrevistas l Tattoo Artists l HQ's l Artigos l Convenções l Loja l Contate nos
 
 

 

ARTIGOS

 

Glam Metal

por Carlos Costa
Todos Direitos Reservados
 

O Glam Metal, Glitter Metal ou Hair Metal na verdade não é um estilo musical, é uma produção artística diferenciado pelos cabelos longos e escovados dos seus integrantes, maquiagem, roupa justa, com brilho e acessórios extravagantes de aparência efeminado. Vem daí o nome glamour, brilho, cabelo. Mas não duvidem, esses caras são pegadores admirados e amados pelas mulheres.


(Guns and Roses, 1985 forte influencia do estilo Glam)

A verdade é que não existe a música Glam Metal. Pode ser heavy metal, hard rock, rock progressivo. Sempre com riffs de guitarra, batida rápida de bateria e contrabaixo, letras agressivas, às vezes românticas, falando de dinheiro, sexo, drogas, violência — ou algo mais ou menos assim.

Foi Van Halen quem lançou a moda em 1978 e acabou influenciando e sendo copiado por outras bandas. Bandas consagradas dos anos de 1960-70 que ficaram esquecidas como Aerosmith, Rolling Stones e Ozzy Osbourne, aderiram à aparência Glam buscando seu lugar na cena do rock.


(Van Halen 1978 precursor do estilo Glam)

No término da década de 1980 para 90 o estilo Glam perdeu forças abrindo espaço para bandas de visual menos andrógeno.

Dizem que a moda agora é o estilo Slease Rock cuja aparência é tão importante como no Glam. Bandas Sleaze geralmente tem aparência de desleixe, usam jaqueta de couro, jeans rasgado, camiseta surrada, bandana e outros acessórios; alguns ainda aderem à maquiagem nos olhos. De novidade mesmo só a embalagem. O som possui guitarras distorcidas e batidas rápida da bateria com influência do heavy, hard e punk.

A verdade é que não há nada de novo debaixo do sol. O rock sempre se inventa, reinventa, renova e ressurge. Viva o bom e velho rock n' roll!

 


Tattoo Magazine
A cultura da tatuagem

 

                    

 
  Termos de uso
©Todos Direitos Reservados